sábado, 19 de julho de 2014

YAHU-KHÁNAN [YAHVEH É FAVORÁVEL] (JOÃO):

04-Yochanan Capítulo : 1

1 No princípio era a Palavra, e aquela Palavra estava com Elohim, e Elohim era aquela Palavra.
2 Este estava no princípio com Elohim.
3 Todas as coisas vieram a existir por meio dEle, e sem Ele coisa alguma veio a existir daquilo que existia.
4 NEle estava a vida, e a vida era a luz dos homens;
5 e a luz resplandeceu nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.
6 Houve um homem enviado de Elohim, cujo nome era Yochanan.
7 Este homem veio como uma testemunha, a fim de dar testemunho da luz, para que todos cressem por
meio dele.
8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.
9 Pois era a luz da verdade, que ilumina a todo homem que vem ao mundo.
10 Ele estava no mundo, e o mundo veio a existir pela Sua mão, e o mundo não O conheceu.
11 Veio para os seus, e os seus não o receberam.
12 Mas, a todos quantos o receberam, os que creram no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos
de Elohim;
13 os quais nem do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem nasceram, mas de
Elohim.
14 E a Palavra se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a
glória do unigênito do Pai.
15 Yochanan deu testemunho dele, e clamou, dizendo: Este é aquele de quem eu disse: O que vem depois
de mim ainda assim é anterior a mim; Porque antes de mim ele já existia.
16 Pois todos nós recebemos da sua plenitude, e graça sobre graça [isto é, bênçãos sucessivas].
17 Porque a Torá foi dada por meio de Moshe. E ainda: a verdade e a graça existiram através de Yeshua
HaMashiach.
18 O homem jamais viu a Elohim. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse O declarou.
19 E este foi o testemunho de Yochanan, quando os moradores da região de Yehudá lhe enviaram de
Yerushalayim Cohanim e Levi'im para que lhe perguntassem: Quem és tu?
20 Ele, pois, confessou e não negou; mas confessou: Eu não sou o Mashiach.
21 E eles lhe perguntaram novamente: Quem és tu, Eliyahu? Respondeu ele: Não sou. És tu o profeta? E ele
disse: Não.
22 Disseram-lhe, pois: Quem és? Para podermos dar resposta aos que nos enviaram; que dizes de ti
mesmo?
23 Ele disse: Eu sou uma voz que clama no deserto: Endireitai o caminho de  יהוה, como disse o profeta
Yeshayahu.
24 E os que tinham sido enviados eram dos p'rushim.

25 Então lhe perguntaram: Por que imergis, pois, se tu não és o Mashiach, nem Eliyahu, nem um profeta?
26 Respondeu-lhes Yochanan: Eu imirjo em água; no meio de vós está um a quem vós não conheceis.
27 Este é aquele vem depois de mim, mas era anterior a mim, de quem eu não sou digno de desatar a
correia das sandálias.
28 Estas coisas aconteceram em Beit Anyah, atravessando o Yarden, onde Yochanan estava imergindo.
29 No dia seguinte Yochanan viu a Yeshua, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Elohim, que tira o
pecado do mundo.
30 este é aquele de quem eu disse: Depois de mim vem um homem, ainda assim Ele era anterior a mim,
porque antes de mim Ele já existia.
31 Eu não o conhecia; apenas [sabia que] Ele seria manifestado a Israel. Para isso eu vim, a fim de imergir
com água.
32 E Yochanan deu testemunho, dizendo: Vi a Ruach descer do céu como pomba, e repousar sobre Ele.
33 Eu não O conhecia; mas O que me enviou a imergir em água, esse me disse: Aquele sobre quem vires
descer a Ruach, e sobre Ele permanecer, esse é O que imergirá na Ruach HaKodesh.
34 E eu vi e já vos dei testemunho de que este é o Filho de Elohim.
35 No dia seguinte Yochanan estava de pé, com dois dos seus talmidim
36 e, olhando para Yeshua, que passava, disse: Eis o Cordeiro de Elohim!
37 Aqueles dois talmidim ouviram-no dizer isto, e seguiram a Yeshua.
38 Voltando-se Yeshua e vendo que o seguiam, perguntou-lhes: Que desejais? Disseram-lhe eles: Rabino,
onde moras?
39 Respondeu-lhes: Vinde, e vereis. Foram, pois, e viram onde morava; e passaram o dia com ele; e cerca
de dez horas se passaram.
40 André, irmão de Shimon, era um dos dois que ouviram Yochanan falar, e que seguiram a Yeshua.
41 Ele viu primeiro a seu irmão Shimon, e disse-lhe: Achei o Mashiach.
42 E o levou a Yeshua. Yeshua, fixando nele o olhar, disse: Tu és Shimon Bar Yona, tu serás chamado Kefá
[isto é: pedra].
43 No dia seguinte Yeshua resolveu partir para Galil, e achando a Felipe disse-lhe: Segue-me.
44 Ora, Felipe era de Beit Tsaida, cidade de André e de Shimon.
45 Felipe achou a Natan'el, e disse-lhe: Acabamos de achar aquele de quem escreveram Moshe na Torá, e
os profetas: Yeshua Bar Yossef, de Natseret.
46 Natan'el disse a ele: Pode haver coisa bem vinda de Natseret? Disse-lhe Felipe: Vem e verás.
47 Yeshua, vendo Natan'el aproximar-se dele, disse a seu respeito: Eis um verdadeiro filho de Israel, em
quem não há engano!
48 Perguntou-lhe Natan'el: De onde me conheces? Respondeu-lhe Yeshua: Antes que Felipe te chamasse,
eu te vi, quando estavas debaixo da figueira.

49 Respondeu-lhe Natan'el: Rabino, tu és o Filho de Elohim, tu és o rei de Israel.
50 Ao que lhe disse Yeshua: Porque te disse: Vi-te debaixo da figueira, crês? Pois coisas maiores do que
estas verás.
51 E acrescentou: Amen, Amen, e eu vos digo, que vereis os céus que estão abertos, e os anjos de Elohim
subindo e descendo sobre o Filho do homem.

04-Yochanan Capítulo : 1 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\Yochanan 1.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 2

1 Três dias depois, houve um casamento em Kat'ne, uma cidade de Galil, e estava ali a mãe de Yeshua;
2 e Yeshua e seus talmidim também foram convidados para o banquete de casamento.
3 O vinho estava acabando, e a mãe de Yeshua lhe disse: Eles não têm vinho.
4 Respondeu-lhes Yeshua: Mulher, que tenho eu contigo [isto é, o que nós temos a ver com esta situação]? Ainda não é
chegada a minha hora.
5 Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.
6 Ora, estavam ali postas seis vasos de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três
medidas de líqüido.
7 Ordenou-lhe Yeshua: Enchei de água esses vasos. E encheram-nos até em cima.
8 Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre do banquete. E eles o fizeram.
9 Quando o mestre do banquete provou a água tornada em vinho, não sabendo de onde era, se bem que o sabiam os
serventes porque tinham tirado a água, chamou o mestre do banquete ao noivo
10 e lhe disse: Todo homem põe primeiro o vinho bom e, quando já estão bêbados, então o inferior; mas tu guardaste
até agora o bom vinho.
11 Assim deu Yeshua início aos seus sinais em Kat'ne de Galil, e manifestou a sua glória; e os seus talmidim creram
nele.
12 Depois disso desceu a K'far Nachum, ele, sua mãe, seus irmãos, e seus talmidim; e ficaram ali não muitos dias.
13 Estando próximo o Pessach dos judeus, Yeshua subiu a Yerushalayim.
14 E achou no Beit HaMikdash os que vendiam bois, ovelhas e pombas, e também os cambistas ali sentados;
15 e tendo feito um chicote de cordas, lançou todos fora do Beit HaMikdash, bem como as ovelhas e os bois; e
espalhou o dinheiro dos cambistas, e virou-lhes as mesas;
16 e disse aos que vendiam as pombas: Tirai daqui estas coisas; não façais da casa de meu Pai casa de negócio.
17 Lembraram-se então os seus talmidim de que está escrito: O zelo da Tua casa me devora.
18 Protestaram, pois, os moradores da região de Yehudá, perguntando-lhe: Que sinal [de semichá] nos mostras, uma
vez que fazes isto?
19 Respondeu-lhes Yeshua: Derrubai este Beit HaMikdash, e em três dias o levantarei.
20 Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este Beit HaMikdash, e tu o levantarás em três
dias?
21 Mas ele falava do Beit HaMikdash do seu corpo.
22 Quando, pois ressurgiu dentre os mortos, seus talmidim se lembraram de que dissera isto, e confiaram no Tanach, e
na palavra que Yeshua havia dito.
23 Ora, estando Ele em Yerushalayim pela festa de Pessach, muitos, vendo os sinais que fazia, confiaram no seu
nome.
24 Mas o Yeshua não confiava a si mesmo a eles, porque os conhecia a todos,
25 e não necessitava de que alguém lhe desse testemunho de um homem, pois bem sabia o que havia nos filhos dos
homens.

04-Yochanan Capítulo : 2 Página 1 de 1
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan02.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 3

1 Ora, havia entre os p'rushim um homem chamado Nakdimon, um governante dos moradores da região de
Yehudá.
2 Este veio até Yeshua à noite, e disse-lhe: Rabino, sabemos vens de Elohim; pois um mestre humano não
pode fazer estes milagres que tu fazes, se Elohim não estiver com ele.
3 Respondeu-lhe Yeshua: Amen, Amen, e eu te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o
reino de Elohim.
4 Perguntou-lhe Nakdimon: Como pode um homem nascer, sendo velho? por acaso pode tornar a entrar no
ventre de sua mãe, e nascer?
5 Yeshua respondeu: Amen, Amen, e eu te digo que se alguém não nascer da água e da Ruach, não pode
entrar no reino de Elohim.
6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido da Ruach é espírito.
7 Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo.
8 O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é
todo aquele que é nascido da Ruach.
9 Perguntou-lhe Nakdimon: Como pode ser isto?
10 Respondeu-lhe Yeshua: Tu és mestre em Israel, e não sabes estas coisas?
11 Amen, Amen e eu te digo que nós dizemos o que sabemos e testemunhamos o que temos visto; e não
aceitais o nosso testemunho!
12 Se vos falei de coisas terrestres, e não credes, como crereis, se vos falar das celestiais?
13 Ora, nenhum homem subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem.
14 E como Moshe levantou a serpente no deserto, assim o Filho do homem será levantado;
15 para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna.
16 Porque Elohim amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todos os homens
que nEle creiam não pereçam, mas tenham a vida eterna.
17 Porque Elohim enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo
fosse salvo por ele.
18 Quem crê nele não é julgado; mas quem não crê, já está julgado; porquanto não crê no nome do unigênito
Filho de Elohim.
19 E o julgamento é este: Porque a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz,
porque as suas obras são más.
20 Porque todo aquele que faz coisas odiosas detesta a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras
não sejam reprovadas.
21 Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que seja manifesto que as suas obras são feitas em
Elohim.
22 Depois disto Yeshua e seus talmidim vieram para a terra de Yehudá; e Ele lá permaneceu com eles e
imergia.

23 Ora, Yochanan também estava imergindo em Einayim, perto de Shalem, porque havia ali muitas águas; e
eles estavam vindo e sendo imergidos.
24 Pois Yochanan ainda não havia caido na prisão.
25 Surgiu então uma disputa entre os talmidim de Yochanan e um dos moradores da região de Yehudá a
respeito da purificação.
26 E foram ter com Yochanan e disseram-lhe: Rabino, aquele que estava contigo além do Yarden, do qual
tens dado testemunho, eis que está imergindo, e muitos estão vindo a ele.
27 Respondeu Yochanan: O homem não pode receber coisa alguma de si mesmo, a não ser aquilo que lhe
foi dado do céu.
28 Vós mesmos me sois testemunhas de que eu disse: Não sou o Mashiach, mas sou um mensageiro
[enviado] adiante dele.
29 Aquele que tem a noiva é o noivo; mas o amigo do noivo, que está presente e o ouve, alegra-se com
grande júbilo com a voz do noivo. Assim, pois, esta minha alegria está completa.
30 É necessário que ele cresça e que eu diminua.
31 Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra, e fala da terra. Aquele que
veio do céu é sobre todos.
32 Aquilo que ele tem visto e ouvido, isso testifica; mas nenhum homem aceita o seu testemunho.
33 Mas o que aceitar o seu testemunho, esse sela [isto é: confirma] que Elohim é verdadeiro.
34 Pois aquele que Elohim enviou fala as palavras de Elohim; porque Elohim não deu a Ruach por medida.
35 O Pai ama ao Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos.
36 Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida. Ao contrário,
sobre ele permanecerá a ira de Elohim.

04-Yochanan Capítulo : 3 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan03.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 4

1 E Yeshua soube que os p'rushim tinham ouvido dizer que ele fizera muitos talmidim e imergia mais do que
Yochanan
2 (ainda que Yeshua mesmo não imergia, mas os seus talmidim)
3 deixou Yehudá, e foi outra vez para Galil.
4 E era-lhe necessário passar pelo meio dos samaritanos.
5 Chegou, pois, a uma cidade dos samaritanos, chamada Sh'chem, junto do campo que Ya'akov dera a seu
filho Yossef;
6 Ali estava o poço d'água que pertencera a Ya'akov. Yeshua veio e sentou-se sobre o poço, para que
pudesse descansar da fadiga da estrada.
7 E seus talmidim haviam entrado na cidade para comprar comida. E quando Yeshua se sentou era cerca da
hora sexta.
8 Veio uma mulher de Shomeron tirar água. Disse-lhe Yeshua: Dá-me de beber.
9 Disse-lhe então a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher
samaritana? (Porque os judeus não lidavam socialmente com os samaritanos.)
10 Respondeu-lhe Yeshua: Se conhecesses o dom de Elohim e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe
pedirias e ele te daria água viva.
11 Disse-lhe a mulher: Meu senhor, tu não tens balde, e o poço é fundo; onde está a tua água viva?
12 És tu, por acaso, maior do que o nosso pai Ya'akov, que nos deu o poço, do qual ele e seus filhos, e o seu
gado beberam?.
13 Replicou-lhe Yeshua: Todo homem que beber desta água tornará a ter sede;
14 mas todo homem que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe
der se fará nele uma fonte de água que jorrará para a vida eterna.
15 Disse-lhe a mulher: Meu senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui tirála.
16 Disse-lhe Yeshua: Vai, chama o teu marido e vem cá.
17 Respondeu a mulher: Não tenho marido. Disse-lhe Yeshua: Disseste bem: Não tenho marido;
18 porque cinco maridos tiveste, e o que agora tens não é teu marido; Isso que disseste é verdade.
19 Disse-lhe a mulher: Meu senhor, vejo que és profeta.
20 Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Yerushalayim é o lugar onde se deve adorar.
21 Disse-lhe Yeshua: Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Yerushalayim
adorareis o Pai.
22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a vida vem do judeu.
23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade;
porque o Pai procura adoradores que sejam assim.

24 Pois Elohim é Ruach, e é necessário que os que O adoram O adorem em espírito e em verdade.
25 Replicou-lhe a mulher: Eu sei que o Mashiach virá; e quando ele vier há de nos ensinar todas as coisas.
26 Disse-lhe Yeshua: Eu O sou, eu que falo contigo.
27 E nisto vieram os seus talmidim, e se admiravam de que estivesse falando com uma mulher; todavia
nenhum lhe perguntou: Que é que procuras? Ou: Por que falas com ela?
28 Deixou, pois, a mulher o seu cântaro, foi à cidade e contou a todos:
29 Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto eu tenho feito. Não é este o Mashiach?
30 E todos sairam da cidade e foram até ele.
31 E em meio a todas estas coisas, os seus talmidim lhe pediam, dizendo a Ele: Rabino, come.
32 Ele, porém, respondeu: Uma comida tenho para comer que vós não conheceis.
33 Então os talmidim diziam uns aos outros: Acaso alguém lhe trouxe de comer?
34 Disse-lhes Yeshua: A minha comida é fazer a vontade dAquele que Me enviou, e completar a Sua obra.
35 Não dizeis vós: depois de quatro meses vem a colheita? Eis que eu vos digo: levantai os seus olhos, e
vede os campos, que já amadureceram para a colheita.
36 Quem colhe recebe um salário e ajunta fruto para a vida eterna. E o que semeia e o que colhe juntamente
se alegrarão.
37 Porque nisto é há uma palavra de verdade: Um é o que semeia, e outro o que colhe.
38 Eu vos enviei a colher onde não trabalhaste; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho.
39 E muitos samaritanos daquela cidade creram nEle, por causa da palavra da mulher, que testificava: Ele
me disse tudo quanto tenho feito.
40 E os samaritanos que vieram até Ele pediram-lhe que ficasse com eles; e ficou com eles por dois dias.
41 E muitos creram nEle por causa da Sua palavra;
42 e diziam à mulher: Já não é pela tua palavra que nós confiamos nEle; pois agora nós temos ouvido e
sabemos que este é verdadeiramente o Messias, o Salvador do mundo.
43 Depois dois dias, Yeshua partiu dali e foi para Galil.
44 Porque Yeshua testificara que um profeta não recebe honra na sua [própria] cidade.
45 Assim, pois, que chegou a Galil, os de Galil o receberam, porque tinham visto todos os sinais que Ele
fizera em Yerushalayim durante a festa; pois também eles tinham ido à festa.
46 E Yeshua voltou novamente a Kat'ne de Galil, onde da água fizera vinho. Ora, havia um servo do rei, cujo
filho estava enfermo em K'far Nachum.
47 Quando ele soube que Yeshua tinha vindo de Yehudá para Galil, foi ter com ele, e lhe pediu que
descesse e curasse seu filho; pois estava prestes a morrer.
48 Então Yeshua lhe disse: Se não virdes milagres e prodígios, não credes.
49 Pediu-lhe aquele oficial do rei: Meu senhor, desce antes que o menino morra.

50 Respondeu-lhe Yeshua: Vai, o teu filho vive. E o homem confiou na palavra que Yeshua lhe dissera, e
partiu.
51 Quando ele já ia descendo, saíram-lhe ao encontro os seus servos, e lhe disseram que seu filho vivia.
52 Perguntou-lhes, pois, a que hora fora curado; ao que lhe disseram: Ontem à hora nona a febre o deixou.
53 E o pai sabia que fora naquela hora em que Yeshua lhe dissera: O teu filho vive; e creu ele e toda a sua
casa.
54 Foi esta a segunda vez que Yeshua, ao voltar de Yehudá para Galil, ali operou sinal.

04-Yochanan Capítulo : 4 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan04.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 5

1 Depois disso havia uma festa dos moradores da região de Yehudá; e Yeshua subiu a Yerushalayim.
2 Ora, em Yerushalayim, próximo à porta das ovelhas, há um tanque, chamado em hebraico Beit Chessed, o
qual tem cinco pórticos.
3 Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e mirrados [esperando o movimento da água.]
4 Porquanto de tempos em tempos um anjo descia [ao tanque] de purificação, e agitava a água; então quem
fosse o primeiro a descer era curado de qualquer dor que tivesse.
5 E lá havia um homem que estava em enfermidade havia trinta e oito anos.
6 Yeshua viu esse homem deitado e sabia que ele tinha essa enfermidade havia muito tempo. E Ele disse a
ele: Queres ser curado?
7 Respondeu-lhe o enfermo e disse: Sim, meu Senhor, mas eu não tenho ninguém que me ponha no tanque
quando a água é agitada; porém antes que eu vá, desce outro antes de mim.
8 Disse-lhe Yeshua: Levanta-te, toma o teu leito e anda.
9 Imediatamente o homem foi curado; e, tomando o seu leito, começou a andar. E aquele dia era o Shabat.
10 E os moradores da região de Yehudá disseram ao que fora curado: É Shabat, e não te é lícito carregar o
teu leito.
11 Ele, porém, respondeu dizendo-lhes: Aquele que me tornou são me disse: Toma o teu leito e anda.
12 Perguntaram-lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito e anda?
13 Mas o que fora curado não sabia quem era; porque Yeshua se retirara de [perto] dele, por haver muita
gente naquele lugar.
14 Depois Yeshua o encontrou no Beit HaMikdash, e disse-lhe: Olha, já estás curado; não peques mais, para
que não te aconteça coisa pior.
15 Retirou-se, então, o homem, e contou aos moradores da região de Yehudá que fora Yeshua quem o
curara.
16 Por isso os moradores da região de Yehudá perseguiram a Yeshua, e buscavam matá-lo, porque Ele
havia feito estas coisas no Shabat.
17 Mas Yeshua lhes disse: Meu Pai trabalha até agora. Eu trabalho também.
18 Por isso, pois, os moradores da região de Yehudá ainda mais procuravam matá-lo, porque Ele tornara o
Shabat mais flexível, e também falara de Elohim, como sendo Seu próprio Pai, fazendo-se igual a Elohim.
19 Disse-lhes, pois, Yeshua: Amen, Amen, e Eu vos digo, que o Filho de si mesmo nada pode fazer, senão o
que vir o Pai fazer; porque tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente.
20 Porque um pai ama ao filho, e mostra-lhe tudo o que ele mesmo faz; e Ele Lhe mostrará obras maiores do
que estas, para que vos maravilheis.
21 Pois, assim como o Pai levanta os mortos e lhes dá vida, assim também o Filho dá vida àqueles que Ele
quer.
22 Porque o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o julgamento,

23 Para que todos honrem o Filho, assim como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que
O enviou.
24 Amen, Amen, e Eu vos digo, que quem ouve a minha palavra, e crê nAquele que Me enviou, tem a vida
eterna e não vem a julgamento, mas já se removeu da morte [passando] para a vida.
25 Amen, Amen, e Eu vos digo, que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de
Elohim, e os que a ouvirem viverão.
26 Pois assim como o Pai tem vida em Sua essência, assim também deu ao Filho ter vida em Sua essência;
27 E deu-Lhe autoridade para executar juízo.
28 E porque Ele é o Filho do homem, não vos admireis disso. Porque vem a hora em que todos os que estão
nos sepulcros ouvirão a sua voz.
29 E os que tiverem praticado o bem, sairão para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal,
para a ressurreição do juízo.
30 Eu não posso de Mim mesmo fazer coisa alguma, mas tal como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo,
porque não procuro a minha vontade, mas a vontade dAquele que me enviou.
31 Se Eu testificar de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro.
32 Há outro que dá testemunho de mim; e sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro.
33 Vós mandastes [mensageiros] a Yochanan, e ele deu testemunho da verdade;
34 E Eu não recebi o testemunho do homem; mas digo estas coisas para que possais viver.
35 Ele era a lâmpada que brilhava e trazia a luz; e vós quisestes se orgulhardes por um pouco de tempo na
sua luz.
36 Mas Eu tenho o testemunho dAquele que é maior do que Yochanan; porque as obras que o Pai Me deu
para realizar, as mesmas obras que faço dão testemunho de Mim que o Pai Me enviou.
37 E o Pai que Me enviou testifica de mim. Vós nunca ouvistes a Sua voz, nem vistes a Sua forma;
38 E a Sua Palavra não permanece em vós; porque não confiais nAquele que Ele enviou.
39 Examinais o Tanach, porque julgais ter nele a vida eterna; e é ele que dá testemunho de Mim;
40 E vós não quereis vir a mim para terdes vida eterna!
41 Eu não recebo louvor de homens;
42 Mas vos conheço, [e sei] que o amor de Elohim não está em vós.
43 Eu vim em nome de meu Pai, e não Me recebeis; se outro vier em seu próprio nome, a esse recebereis.
44 Como podeis confiar, vós que recebeis louvor uns dos outros e não quereis a glória que vem unicamente
de Elohim?
45 Pensais vós que eu vos acusarei perante o Pai? Há um que vos acusará: Moshe, em quem vós confiais.
46 Pois se [realmente] confiásseis em Moshe, confiarieis em Mim; porque de Mim ele escreveu.
47 Mas, se não confiais nos escritos dele, como confiareis nas minhas palavras?

04-Yochanan Capítulo : 5 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan05.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 6

1 Depois disto partiu Yeshua para o outro lado do Lago Kineret, também chamado de Tiberíades.
2 E seguia-o uma grande multidão, porque via os sinais que operava sobre os enfermos.
3 Subiu, pois, Yeshua ao monte e sentou-se ali com seus talmidim.
4 Ora, a celebração judaica do Pessach estava próxima.
5 Então Yeshua, levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Felipe:
Onde compraremos pão, para estes comerem?
6 Mas dizia isto para o experimentar; pois ele bem sabia o que ia fazer.
7 Respondeu-lhe Felipe: Duzentas moedas de pão não lhes bastam, para que cada um receba um pouco.
8 Ao que lhe disse um dos seus talmidim, André, irmão de Shimon Kefá:
9 Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?
10 Disse Yeshua: Fazei sentar-se o povo. Ora, naquele lugar havia muita relva. Sentaram-se aí, pois, os
homens em número de quase cinco mil.
11 Yeshua, então, tomou os pães e fez a b'rachá, e repartiu-os pelos que estavam sentados; e de igual modo
os peixes, quanto eles queriam.
12 E quando estavam saciados, disse aos seus talmidim: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que
nada se perca.
13 Recolheram-nos, pois e encheram doze cestos de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos
que haviam comido.
14 Vendo, pois, aqueles homens o sinal que Yeshua operara, diziam: este é verdadeiramente o profeta que
havia de vir ao mundo.
15 Percebendo, pois, Yeshua que estavam prestes a vir e levá-lo à força para o fazerem rei, tornou a retirarse
para o monte, ele sozinho.
16 Ao cair da tarde, desceram os seus talmidim ao lago;
17 e, entrando num barco, atravessavam o lago em direção a K'far Nachum; enquanto isso, escurecera e
Yeshua ainda não tinha vindo ter com eles;
18 ademais, o lago se empolava, porque soprava forte vento.
19 Tendo, pois, remado uns vinte e cinco ou trinta estádios, viram a Yeshua andando sobre o lago e
aproximando-se do barco; e ficaram atemorizados.
20 Mas ele lhes disse: Sou eu; não temais.
21 Então eles de boa mente o receberam no barco; e logo o barco chegou à terra para onde iam.
22 No dia seguinte, a multidão que ficara no outro lado do lago, sabendo que não houvera ali senão um
barquinho, e que Yeshua não embarcara nele com seus talmidim, mas que estes tinham ido sós
23 (contudo, outros barquinhos haviam chegado a Tiberíades para perto do lugar onde comeram o pão,
havendo o Senhor dado graças);

24 quando, pois, viram que Yeshua não estava ali nem os seus talmidim, entraram eles também nos barcos,
e foram a K'far Nachum, em busca de Yeshua.
25 E, achando-o no outro lado do lago, perguntaram-lhe: Rabino, quando chegaste aqui?
26 Respondeu-lhes Yeshua: Amen, Amen, e eu vos digo, que me buscais, não porque vistes sinais, mas
porque comestes do pão e vos saciastes.
27 Trabalhai, não pela comida que estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o
Filho do homem vos dará; pois neste, Elohim Avinu imprimiu o Seu selo.
28 Perguntaram-lhe, pois: Que havemos de fazer para praticarmos as obras de Elohim?
29 Yeshua lhes respondeu: A obra de Elohim é esta: Que confieis naquele que ele enviou.
30 Perguntaram-lhe, então: Que sinal, pois, fazes tu, para que o vejamos e te confiemos? Que operas tu?
31 Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Do céu deu-lhes pão a comer.
32 Respondeu-lhes Yeshua: Amen, Amen, e eu vos digo: Moshe não vos deu o pão do céu? Mas meu Pai
vos dá o verdadeiro pão do céu.
33 Porque o pão de Elohim é Aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.
34 Disseram-lhe, pois: Senhor, dá-nos sempre desse pão.
35 Declarou-lhes Yeshua. Eu sou o pão da vida; aquele que vem a Mim, de modo algum terá fome, e quem
crê em Mim jamais terá sede.
36 Mas como já vos disse, vós me tendes visto, e contudo não confiais.
37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.
38 Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.
39 E a vontade do que me enviou é esta: Que eu não perca nenhum de todos aqueles que me deu, mas que
eu o ressuscite no último dia.
40 Porquanto esta é a vontade de meu Pai: Que todo aquele que vê o Filho e crê nele, tenha a vida eterna; e
eu o ressuscitarei no último dia.
41 Murmuravam, pois, dele os moradores da região de Yehudá, porque dissera: Eu sou o pão
que desceu do céu;
42 e perguntavam: Não é Yeshua, o filho de Yossef, cujo pai e mãe nós conhecemos? Como, pois, diz agora:
Desci do céu?
43 Respondeu-lhes Yeshua: Não murmureis entre vós.
44 Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
45 Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Elohim. Portanto todo aquele que do Pai ouviu e
aprendeu vem a mim.
46 Não que alguém tenha visto o Pai, senão aquele que é vindo de Elohim; só ele tem visto o Pai.
47 Amen, Amen, e eu vos digo: Aquele que crê tem a vida eterna.

48 Eu sou o pão da vida.
49 Os pais de vocês comeram o maná no deserto e morreram.
50 Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra.
51 Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu
darei pela vida do mundo é a minha carne.
52 Disputavam, pois, os moradores da região de Yehudá entre si, dizendo: Como pode este dar-nos a sua
carne a comer?
53 Disse-lhes Yeshua: Amen, Amen, e eu vos digo: Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não
beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos.
54 Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.
55 Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida.
56 Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.
57 Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também
viverá por mim.
58 Este é o pão que desceu do céu; não é como o caso dos pais de vocês, que comeram o maná e
morreram; quem comer este pão viverá para sempre.
59 Estas coisas falou Yeshua quando ensinava na sinagoga em K'far Nachum.
60 Muitos, pois, dos seus talmidim, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir?
61 Mas, sabendo Yeshua em si mesmo que murmuravam disto os seus talmidim, disse-lhes: Isto vos
escandaliza?
62 Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava?
63 O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e
são vida.
64 Mas há alguns de vós que não crêem. Pois Yeshua sabia, desde o princípio, quem eram os que não
criam, e quem era o que o havia de entregar.
65 E continuou: Por isso vos disse que ninguém pode vir a mim, se pelo Pai lhe não for concedido.
66 Por causa disso muitos dos seus talmidim voltaram para trás e não andaram mais com ele.
67 Perguntou então Yeshua aos doze: Quereis vós também retirar-vos?
68 Respondeu-lhe Shimon Kefá: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.
69 E nós já temos crido e bem sabemos que tu és o Kadosh Elohim.
70 Respondeu-lhes Yeshua: Não vos escolhi a vós os doze? Contudo um de vós é o adversário.
71 Referia-se a Yehudá Bar Shimon do litoral de Sk'irot; porque era ele o que o havia de entregar, sendo um
dos doze.

04-Yochanan Capítulo : 6 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan06.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 7

1 Depois disto andava Yeshua por Galil; pois não queria andar por Yehudá, porque os moradores daquela
região procuravam matá-lo.
2 Ora, estava próxima a festa de Sukot na região de Yehudá.
3 Disseram-lhe, então, seus irmãos: Retira-te daqui e vai para Yehudá, para que também os teus talmidim
vejam as obras que fazes.
4 Porque ninguém faz coisa alguma em oculto, quando procura ser conhecido. Já que fazes estas coisas,
manifesta-te ao mundo.
5 Pois nem seus irmãos criam nele.
6 Disse-lhes, então, Yeshua: Ainda não é chegado o meu tempo; mas o vosso tempo sempre está presente.
7 O mundo não vos pode odiar; mas ele me odeia a mim, porquanto dele testifico que as suas obras são
más.
8 Subi vós à festa; eu não subo ainda a esta festa, porque ainda não é chegado o meu tempo.
9 E, havendo-lhes dito isto, ficou em Galil.
10 Mas quando seus irmãos já tinham subido à festa, então subiu ele também, não publicamente, mas como
em secreto.
11 Ora, os moradores da região de Yehudá o procuravam na festa, e perguntavam: Onde está ele?
12 E era grande a murmuração a respeito dele entre as multidões. Diziam alguns: Ele é bom. Mas outros
diziam: não, antes engana o povo.
13 Todavia ninguém falava dele abertamente, por medo dos moradores da região de Yehudá.
14 Estando, pois, a festa já em meio, subiu Yeshua ao Beit HaMikdash e começou a ensinar.
15 Então os judeus se admiravam, dizendo: Como sabe estas letras, sem ter sido ensinado?
16 Respondeu-lhes Yeshua: O meu ensinamento não é meu, mas daquele que me enviou.
17 Se alguém quiser fazer a vontade de Elohim, há de saber se o ensinamento é dEle, ou se eu falo por mim
mesmo.
18 Quem fala por si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse
é verdadeiro, e não há nele injustiça.
19 Não vos deu Moshe a Torá? no entanto nenhum de vós cumpre a Torá. Por que procurais matar-me?
20 Respondeu a multidão: Tens demônio; quem procura matar-te?
21 Replicou-lhes Yeshua: Uma só obra fiz, e todos vós admirais por causa disto.
22 Moshe vos ordenou a circuncisão (não que fosse de Moshe, mas dos pais), e no Shabat circuncidais um
homem.
23 Ora, se um homem recebe a circuncisão no Shabat, para que a Torá de Moshe não seja violada, como
vos indignais contra mim, porque no Shabat tornei um homem inteiramente são?
24 Não julgueis pela aparência mas julgai segundo o reto juízo.

25 Diziam então alguns dos de Yerushalayim: Não é este o que procuram matar?
26 E eis que ele está falando abertamente, e nada lhe dizem. Será que as autoridades realmente o
reconhecem como o Mashiach?
27 Entretanto sabemos de onde este é; mas, quando vier o Mashiach, ninguém saberá de onde ele é.
28 Yeshua, pois, levantou a voz no Beit HaMikdash e ensinava, dizendo: Sim, vós me conheceis, e sabeis de
onde sou; contudo eu não vim de mim mesmo, mas aquele que me enviou é verdadeiro, o qual vós não
conheceis.
29 Mas eu o conheço, porque dele venho, e ele me enviou.
30 Procuravam, pois, prendê-lo; mas ninguém lhe deitou as mãos, porque ainda não era chegada a sua hora.
31 Contudo muitos da multidão confiaram nele, e diziam: Será que o Mashiach, quando vier, fará mais sinais
do que este tem feito?
32 Os P'rushim ouviram a multidão murmurar estas coisas a respeito dele; e os principais Cohanim e os
P'rushim mandaram guardas para o prenderem.
33 Disse, pois, Yeshua: Ainda um pouco de tempo estou com vocês, e depois vou para aquele que me
enviou.
34 Vós me buscareis, e não me achareis; e onde eu estou, vós não podeis vir.
35 Disseram, pois, os moradores da região de Yehudá uns aos outros: Para onde irá ele, que não o
acharemos? Irá, por acaso, à Dispersão entre as nações, e ensinará os pagãos?
36 Que palavra é esta que disse: Buscar-me-eis, e não me achareis; e, Onde eu estou, vós não podeis vir?
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Yeshua pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem
sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz o Tanach, do seu ventre fluirão rios de água viva.
39 Ora, isto ele disse a respeito da Ruach que haviam de receber os que nele cressem; pois a Ruach ainda
não fora dada, porque Yeshua ainda não tinha sido glorificado.
40 Então alguns dentre o povo, ouvindo essas palavras, diziam: Verdadeiramente este é o profeta.
41 Outros diziam: Este é o Mashiach; mas outros replicavam: Vem, pois, o Mashiach de Galil?
42 Não diz o Tanach que o Mashiach vem da descendência de David, e de BeitLechem, a aldeia de onde era
David?
43 Assim houve uma divisão entre o povo por causa dele.
44 Alguns deles queriam prendê-lo; mas ninguém lhe pôs as mãos.
45 Os guardas, pois, foram ter com os principais dos Cohanim e P'rushim, e estes lhes perguntaram: Por que
não o trouxestes?
46 Responderam os guardas: Nunca homem algum falou assim como este homem.
47 Replicaram-lhes, pois, os P'rushim: Também vós fostes enganados?
48 Creu nele por acaso alguma das autoridades, ou alguém dentre os P'rushim?

49 Mas esta multidão, que não sabe a Torá, é maldita.
50 Nakdimon, um deles, que antes fora ter com Yeshua, perguntou-lhes:
51 A nossa Torá, por acaso, julga um homem sem primeiro ouvi-lo e ter conhecimento do que ele faz?
52 Responderam-lhe eles: És tu também de Galil? Examina e vê que de Galil não surge profeta.
[Clique aqui para maiores informações sobre Yochanan 7:53 a 8:11]
[53 E cada um foi para sua casa.]

04-Yochanan Capítulo : 7 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan07.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 8

[1 Mas Yeshua foi para o Monte das Oliveiras.
2 Pela manhã cedo voltou ao Beit HaMikdash, e todo o povo vinha ter com ele; e Yeshua, sentando-se o
ensinava.
3 Então os professores da Torá e P'rushim trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; e pondo-a no
meio,
4 disseram-lhe: Rabino, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério.
5 Ora, Moshe nos ordena na Torá que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
6 Isto diziam eles, tentando-o, para terem de que o acusar. Yeshua, porém, inclinando-se, começou a
escrever no chão com o dedo.
7 Mas, como insistissem em perguntar-lhe, ergueu-se e disse-lhes: Aquele dentre vós que está sem pecado
seja o primeiro que lhe atire uma pedra.
8 E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
9 Quando ouviram isto foram saindo um a um, a começar pelos mais velhos, até os últimos; ficou só Yeshua,
e a mulher ali em pé.
10 Então, erguendo-se Yeshua e não vendo a ninguém senão a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão
aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
11 Respondeu ela: Ninguém,  יהוה. E disse-lhe Yeshua: Nem eu te condeno; vai-te, e não peques mais.]
[Clique aqui para maiores informações sobre Yochanan 7:53 a 8:11]
12 Então Yeshua tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum
andará em trevas, mas terá a luz da vida.
13 Disseram-lhe, pois, os P'rushim: Tu dás testemunho de ti mesmo; o teu testemunho não é verdadeiro.
14 Respondeu-lhes Yeshua: Ainda que eu dou testemunho de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro;
porque sei de onde vim, e para onde vou; mas vós não sabeis de onde venho, nem para onde vou.
15 Vós julgais segundo a carne; eu a ninguém julgo.
16 E, mesmo que eu julgue, o meu juízo é verdadeiro; porque não sou eu só, mas eu e o Pai que me enviou.
17 Ora, na vossa Torá está escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro.
18 Sou eu que dou testemunho de mim mesmo, e o Pai que me enviou, também dá testemunho de mim.
19 Perguntavam-lhe, pois: Onde está teu pai? Yeshua respondeu: Não me conheceis a mim, nem a meu Pai;
se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai.
20 Essas palavras proferiu Yeshua no lugar do tesouro, quando ensinava no Beit HaMikdash; e ninguém o
prendeu, porque ainda não era chegada a sua hora.
21 Disse-lhes, pois, Yeshua outra vez: Eu me retiro; buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde
eu vou, vós não podeis ir.
22 Então diziam os moradores da região de Yehudá: Será que ele vai suicidar-se, pois diz: Para onde eu
vou, vós não podeis ir?

23 Disse-lhes ele: Vós sois de baixo, Eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo.
24 Por isso vos disse que morrereis em seus pecados; porque, se não confiardes que Eu sou, morrereis em
seus pecados.
25 Perguntavam-lhe então: Quem és tu? Respondeu-lhes Yeshua: Exatamente o que venho dizendo que
sou.
26 Muitas coisas tenho que dizer e julgar a respeito de vós; mas aquele que me enviou é verdadeiro; e o que
dele ouvi, isso falo ao mundo.
27 Eles não perceberam que lhes falava do Pai.
28 Prosseguiu, pois, Yeshua: Quando tiverdes levantado o Filho do homem, então conhecereis que Eu sou,
e que nada faço de mim mesmo; mas como o Pai me ensinou, assim falo.
29 E aquele que me enviou está comigo; não me tem deixado só; porque faço sempre o que é do seu
agrado.
30 Falando ele estas coisas, muitos confiaram nele.
31 Dizia, pois, Yeshua aos moradores da região de Yehudá que nele confiaram: Se vós permanecerdes na
minha palavra, verdadeiramente sois meus talmidim;
32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
33 Responderam-lhe: Somos descendentes de Avraham, e nunca fomos escravos de ninguém; como dizes
tu: Sereis livres?
34 Replicou-lhes Yeshua: Amen, Amen e eu vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do
pecado.
35 Ora, o escravo não fica para sempre na casa; o filho fica para sempre.
36 Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
37 Bem sei que sois descendência de Avraham; contudo, procurais matar-me, porque a minha palavra não
encontra lugar em vós.
38 Eu falo do que vi junto de meu Pai; e vós fazeis o que também ouvistes de vosso pai.
39 Responderam-lhe: Nosso pai é Avraham. Disse-lhes Yeshua: Se sois filhos de Avraham, fazei as obras de
Avraham.
40 Mas agora procurais matar-me, a mim que vos falei a verdade que de Elohim ouvi; isso Avraham não fez.
41 Vós fazeis as obras de vosso pai. Replicaram-lhe eles: Nós não somos nascidos de prostituição; temos
um Pai, que é Elohim.
42 Respondeu-lhes Yeshua: Se Elohim fosse o vosso Pai, vós me amaríeis, porque eu saí e vim de Elohim;
pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.
43 Por que não compreendeis a minha linguagem? é porque não podeis ouvir a minha palavra.
44 Vós tendes por pai o Acusador, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o
princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do
que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira.
45 Mas porque eu digo a verdade, não confieis em mim.

46 Quem dentre vós me convence de pecado? Se digo a verdade, por que não confieis em mim?
47 Quem é de Elohim ouve as palavras de Elohim; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Elohim.
48 Responderam-lhe os moradores da região de Yehudá: Não dizemos com razão que és samaritano, e que
tens demônio?
49 Yeshua respondeu: Eu não tenho demônio; antes honro a meu Pai, e vós me desonrais.
50 Eu não busco a minha glória; há quem a busque, e julgue.
51 Amen, Amen, e eu vos digo, que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.
52 Disseram-lhe os moradores da região de Yehudá: Agora sabemos que tens demônios. Avraham morreu, e
também os profetas; e tu dizes: Se alguém guardar a minha palavra, nunca provará a morte!
53 Por acaso és tu maior do que AvrahamAvinu, que morreu? Também os profetas morreram; quem
pretendes tu ser?
54 Respondeu Yeshua: Se eu me glorificar a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é
meu Pai, do qual vós dizeis que é o vosso Elohim;
55 e vós não o conheceis; mas eu o conheço; e se disser que não o conheço, serei mentiroso como vós; mas
eu o conheço, e guardo a sua palavra.
56 Avraham, vosso pai, desejava ver o meu dia; viu-o, e alegrou-se.
57 Disseram-lhe, pois, os moradores da região de Yehudá: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Avraham?
58 Respondeu-lhes Yeshua: Amen, Amen, eu vos digo que antes que Avraham existisse, EU SOU.
59 Então pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Yeshua ocultou-se, e saiu do Beit HaMikdash.

04-Yochanan Capítulo : 8 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan08.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 9

1 E passando Yeshua, viu um homem cego desde o ventre de sua mãe.
2 Perguntaram-lhe os seus talmidim: Rabino, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?
3 Respondeu Yeshua: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que nele se manifestem as obras de
Elohim.
4 Importa que Eu faça as obras dAquele que Me enviou, enquanto é dia; vem a noite, quando ninguém pode
trabalhar.
5 Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.
6 Dito isto, cuspiu no chão e com a saliva fez lodo, e untou com lodo os olhos do cego,
7 e disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Shiloach [isto é: o tanque do enviado]. E ele foi, lavou-se, e voltou
vendo.
8 Então os vizinhos e aqueles que antes o tinham visto, quando mendigo, perguntavam: Não é este o mesmo
que se sentava a mendigar?
9 Uns diziam: É ele. E outros: Não é, mas se parece com ele. Ele dizia: Sou eu.
10 Perguntaram-lhe, pois: Como se te abriram os olhos?
11 Respondeu ele: O homem que se chama Yeshua fez lodo, untou-me os olhos, e disse-me: Vai a Shiloach
e lava-te. Fui, pois, lavei-me, e fiquei vendo.
12 E perguntaram-lhe: Onde está ele? Respondeu: Não sei.
13 Levaram aos p'rushim o que fora cego.
14 Ora, era Shabat o dia em que Yeshua fez o lodo e lhe abriu os olhos.
15 Então os p'rushim também se puseram a perguntar-lhe como recebera a vista. Respondeu-lhes ele: Pôsme
lodo sobre os olhos, lavei-me e vejo.
16 Por isso alguns dos p'rushim diziam: Este homem não é de Elohim; pois não guarda o Shabat. Diziam
outros: Como pode um homem pecador fazer tais sinais? E havia divisão entre eles.
17 Tornaram, pois, a perguntar ao cego: Que dizes tu a respeito dele, visto que te abriu os olhos? E ele
respondeu: É profeta.
18 Os moradores da região de Yehudá, porém, não acreditaram que ele tivesse sido cego e recebido a vista,
enquanto não chamaram os pais do que fora curado,
19 e lhes perguntaram: É este o vosso filho, que dizeis ter nascido cego? Como, pois, vê agora?
20 Responderam seus pais: Sabemos que este é o nosso filho, e que nasceu cego;
21 mas como agora vê, não sabemos; ou quem lhe abriu os olhos, nós não sabemos; perguntai a ele
mesmo; tem idade; ele falará por si mesmo.
22 Isso disseram seus pais, porque temiam os moradores da região de Yehudá, porquanto já tinham estes
combinado que se alguém confessasse ser Yeshua o Mashiach, fosse expulso da sinagoga.
23 Por isso é que seus pais disseram: Tem idade, perguntai-lho a ele mesmo.

24 Então chamaram pela segunda vez o homem que fora cego, e lhe disseram: Dá glória a Elohim; nós
sabemos que esse homem é pecador.
25 Respondeu ele: Se é pecador, não sei; uma coisa sei: eu era cego, e agora vejo.
26 Perguntaram-lhe pois: Que foi que te fez? Como te abriu os olhos?
27 Respondeu-lhes: Já vo-lo disse, e não atendestes; para que o quereis tornar a ouvir? Acaso também vós
quereis tornar-vos talmidim dele?
28 Então o injuriaram, e disseram: talmid dele és tu; nós porém, somos talmidim de Moshe.
29 Sabemos que Elohim falou a Moshe; mas quanto a este, não sabemos de onde é.
30 Respondeu-lhes o homem: Nisto, pois, está a maravilha: não sabeis de onde ele é, e entretanto ele me
abriu os olhos;
31 sabemos que Elohim não ouve a pecadores; mas, se alguém for temente a Elohim, e fizer a sua vontade,
a esse ele ouve.
32 Desde o princípio do mundo nunca se ouviu que alguém abrisse os olhos a um cego de nascença.
33 Se este não fosse de Elohim, nada poderia fazer.
34 Replicaram-lhe eles: Tu nasceste todo em pecados, e vens nos ensinar a nós? E expulsaram-no.
35 Soube Yeshua que o haviam expulsado; e achando-o perguntou-lhe: Confias tu no Filho de Elohim?
36 Respondeu ele: Quem é, meu Senhor, para que nele confie?
37 Disse-lhe Yeshua: Já O viste, e é Ele quem fala contigo.
38 Disse o homem: Confio, meu Senhor! E ele se prostrou e O adorou.
39 Prosseguiu então Yeshua: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os
que vêem se tornem cegos.
40 Alguns p'rushim que ali estavam com ele, ouvindo isso, perguntaram-lhe: Por acaso somos nós também
cegos?
41 Respondeu-lhes Yeshua: Se fosseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: Nós vemos,
permanece o vosso pecado.

04-Yochanan Capítulo : 9 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan09.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 10

1 Amen, Amen, e eu vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte,
esse é ladrão e salteador. 2 Mas o que entra pela porta é o pastor das ovelhas.
3 A este o porteiro abre; e as ovelhas ouvem a sua voz; e ele chama pelo nome as suas ovelhas, e as
conduz para fora.
4 Depois de conduzir para fora todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem,
porque conhecem a sua voz;
5 mas de modo algum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
6 Yeshua propôs-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que era que lhes dizia.
7 Tornou, pois, Yeshua a dizer-lhes: Amen, Amen, e eu vos digo: eu sou a porta das ovelhas.
8 Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e ladrões; mas as ovelhas não os ouviram.
9 Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, será salvo; entrará e sairá, e achará pastagens.
10 O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em
abundância.
11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
12 Mas o que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e
foge; e o lobo as arrebata e dispersa.
13 Ora, o mercenário foge porque é mercenário, e não se importa com as ovelhas.
14 Eu sou o bom pastor; conheço os que são meus, e os que são meus me conhecem,
15 assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelo rebanho.
16 Tenho ainda outras ovelhas que não são deste rebanho; a essas também me é necessário trazer, e elas
ouvirão a minha voz; e os rebanhos se tornarão um, com um pastor.
17 Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para a retomar.
18 Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho autoridade para a dar, e tenho autoridade
para retomá-la. Esta mitsvá recebi de meu Pai.
19 Por causa dessas palavras, houve outra divisão entre os moradores da região de Yehudá.
20 E muitos deles diziam: Tem demônio, e perdeu o juízo; por que o escutais?
21 Diziam outros: Essas palavras não são de quem está endemoniado; pode por acaso um demônio abrir os
olhos aos cegos?
22 Celebrava-se então em Yerushalayim a festa de Chanuká. E era inverno.
23 Andava Yeshua passeando no Beit HaMikdash, no pórtico de Shlomo.
24 Rodearam-no, pois, os moradores da região de Yehudá e lhe perguntavam: Até quando nos deixarás
perplexos? Se tu és o Mashiach, dize-no-lo abertamente.
25 Respondeu-lhes Yeshua: Já vo-lo disse, e não credes. As obras que eu faço em nome de meu Pai, essas
dão testemunho de mim.

26 Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas.
27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem;
28 eu lhes dou a vida eterna, e jamais morrerão; e ninguém as arrebatará da minha mão.
29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.
30 Eu e meu Pai somos echad.
31 Os moradores da região de Yehudá pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar.
32 Disse-lhes Yeshua: Muitas obras boas da parte de meu Pai vos tenho mostrado; por qual destas obras
ides apedrejar-me?
33 Responderam-lhe os moradores da região de Yehudá: Não é por nenhuma obra boa que vamos
apedrejar-te, mas por blasfêmia; e porque, sendo tu homem, te fazes Elohim.
34 Tornou-lhes Yeshua: Não está escrito na vossa Torá: Eu disse: Vós sois deuses?
35 Se a Torá chamou deuses àqueles a quem a palavra de Elohim foi dirigida (e o Tanach não pode ser
anulado),
36 àquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, dizeis vós: Blasfemas; porque eu disse: Sou Filho de
Elohim?
37 Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis.
38 Mas se as faço, embora não me creiais a mim, crede nas obras; para que entendais e saibais que o Pai
está em mim e eu no Pai.
39 Outra vez, pois, procuravam prendê-lo; mas ele lhes escapou das mãos.
40 E retirou-se de novo para além do Yarden, para o lugar onde Yochanan imergia no princípio; e ali ficou.
41 Muitos foram ter com ele, e diziam: Yochanan, na verdade, não fez sinal algum, mas tudo quanto disse
deste homem era verdadeiro.
42 E muitos ali confiaram nele.

04-Yochanan Capítulo : 10</b> Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan10.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 11

1 Ora, estava enfermo um homem chamado El'azar, de Beit Anyah, aldeia de Miriyam e de sua irmã Marta.
2 E Miriyam, cujo irmão El'azar se achava enfermo, era a mesma que ungiu o Senhor com bálsamo, e lhe
enxugou os pés com os seus cabelos.
3 Mandaram, pois, as irmãs dizer a Yeshua: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas.
4 Yeshua, porém, ao ouvir isto, disse: Esta enfermidade não é para a morte, mas para glória de Elohim, para
que o Filho de Elohim seja glorificado por ela.
5 Ora, Yeshua amava a Marta, e a sua irmã, e a El'azar.
6 Quando, pois, ouviu que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde se achava.
7 Depois disto, disse a seus talmidim: Vamos outra vez para Yehudá.
8 Disseram-lhe eles: Rabino, ainda agora os moradores da região de Yehudá procuravam apedrejar-te, e
voltas para lá?
9 Respondeu Yeshua: Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz
deste mundo;
10 mas se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz.
11 E, tendo assim falado, acrescentou: El'azar, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.
12 Disseram-lhe, pois, os talmidim: Senhor, se dorme, ficará bom.
13 Mas Yeshua falara da sua morte; eles, porém, entenderam que falava do repouso do sono.
14 Então Yeshua lhes disse claramente: El'azar morreu;
15 e, por vossa causa, folgo de que eu lá não estivesse, para que creiais; mas vamos ter com ele.
16 Disse, pois, T'oma, chamado de "O Gêmeo", aos seus companheiros talmidim: Vamos nós também, para
morrermos com ele.
17 Chegando pois Yeshua, encontrou-o já com quatro dias de sepultura.
18 Ora, Beit Anyah distava de Yerushalayim cerca de quinze estádios.
19 E muitos dos moradores da região de Yehudá tinham vindo visitar Marta e Miriyam, para as consolar a
respeito de seu irmão.
20 Marta, pois, ao saber que Yeshua chegava, saiu-lhe ao encontro; Miriyam, porém, ficou sentada em casa.
21 Disse, pois, Marta a Yeshua: Senhor, tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido.
22 Mas mesmo agora sei que tudo quanto pedires a Elohim, Elohim to concederá.
23 Respondeu-lhe Yeshua: Teu irmão há de ressurgir.
24 Disse-lhe Marta: Sei que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia.
25 Declarou-lhe Yeshua: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá;

26 e todo aquele que vive, e confia em mim, jamais morrerá. Crês isto?
27 Respondeu-lhe Marta: Sim, Senhor, eu creio que tu és o Mashiach, o Filho de Elohim, que havia de vir ao
mundo.
28 Dito isto, retirou-se e foi chamar em segredo a Miriyam, sua irmã, e lhe disse: O Rabino está aí, e te
chama.
29 Ela, ouvindo isto, levantou-se depressa, e foi ter com ele.
30 Pois Yeshua ainda não havia entrado na aldeia, mas estava no lugar onde Marta o encontrara.
31 Então os moradores da região de Yehudá que estavam com Miriyam em casa e a consolavam, vendo-a
levantar-se apressadamente e sair, seguiram-na, pensando que ia ao sepulcro para chorar ali.
32 Tendo, pois, Miriyam chegado ao lugar onde Yeshua estava, e vendo-a, lançou-se-lhe aos pés e disse:
Senhor, se tu estiveras aqui, meu irmão não teria morrido.
33 Yeshua, pois, quando a viu chorar, e chorarem também os moradores da região de Yehudá que com ela
vinham, comoveu-se em espírito, e perturbou-se,
34 e perguntou: Onde o puseste? Responderam-lhe: Senhor, vem e vê.
35 Yeshua chorou.
36 Disseram então os moradores da região de Yehudá: Vede como o amava.
37 Mas alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também que este não
morreste?
38 Yeshua, pois, comovendo-se outra vez, profundamente, foi ao sepulcro; era uma gruta, e tinha uma pedra
posta sobre ela.
39 Disse Yeshua: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto
há quase quatro dias.
40 Respondeu-lhe Yeshua: Não te disse que, se confiares, verás a glória de Elohim?
41 Tiraram então a pedra. E Yeshua, levantando os olhos ao céu, disse: Pai, graças te dou, porque me
ouviste.
42 Eu sabia que sempre me ouves; mas por causa da multidão que está em redor é que assim falei, para
que eles confiem que Tu me enviaste.
43 E, tendo dito isso, clamou em alta voz: El'azar, vem para fora!
44 Saiu o que estivera morto, ligados os pés e as mãos com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disselhes
Yeshua: Desligai-o e deixai-o ir.
45 Muitos, pois, dentre os moradores da região de Yehudá que tinham vindo visitar Miriyam, e que tinham
visto o que Yeshua fizera, confiaram nele.
46 Mas alguns deles foram ter com os p'rushim e disseram-lhes o que Yeshua tinha feito.
47 Então os principais Cohanim e os p'rushim reuniram o Sanhedrin e diziam: Que faremos? Porquanto este
homem vem operando muitos sinais.
48 Se o deixarmos assim, todos confiarão nele, e virão os romanos, e nos tirarão tanto o nosso lugar como a
nossa nação.

49 Um deles, porém, chamado Kayafá, que era Cohen Gadol naquele ano, disse-lhes: Vós nada sabeis?
50 Nem considerais que vos convém que morra um só homem pelo povo, e que não pereça a nação toda?
51 Ora, isso não disse ele por si mesmo; mas, sendo o Cohen Gadol naquele ano, profetizou que Yeshua
havia de morrer pela nação,
52 e não somente pela nação, mas também para congregar num só corpo os filhos de Elohim que estão
dispersos.
53 Desde aquele dia, pois, tomavam conselho para o matarem.
54 De modo que Yeshua já não andava manifestamente entre os moradores da região de Yehudá, mas
retirou-se dali para a região vizinha ao deserto, a uma cidade chamada Efraim; e ali demorou com os seus
talmidim.
55 Ora, estava próximo o Pessach judaico, e de várias regiões do país subiram muitos a Yerushalayim, antes
do Pessach, para se purificarem.
56 Buscavam, pois, a Yeshua e diziam uns aos outros, estando no Beit HaMikdash: Que vos parece? Não
virá ele à festa?
57 Ora, os principais Cohanim e os p'rushim tinham dado ordem que, se alguém soubesse onde ele estava, o
denunciasse, para que o prendessem.

04-Yochanan Capítulo : 11 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan11.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 12

1 Veio, pois, Yeshua seis dias antes de Pessach, a Beit Anyah, onde estava El'azar, a quem ele ressuscitara
dentre os mortos.
2 Deram-lhe ali uma ceia; Marta servia, e El'azar era um dos que estavam à mesa com ele.
3 Então Miriyam, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, de grande preço, ungiu os pés de Yeshua, e
os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do bálsamo.
4 Mas Yehudá do litoral de Sk'irot, um dos seus talmidim, aquele que o havia de trair disse:
5 Por que não se vendeu este bálsamo por trezentas moedas e não se deu aos pobres?
6 Ora, ele disse isto, não porque tivesse cuidado dos pobres, mas porque era ladrão e, tendo a bolsa,
subtraía o que nela se lançava.
7 Respondeu, pois Yeshua: Deixa-a; para o dia da minha preparação para a sepultura o guardou;
8 porque os pobres sempre os tendes com vocês; mas a mim nem sempre me tendes.
9 E grande número dos moradores da região de Yehudá chegou a saber que ele estava ali: e afluíram, não
só por causa de Yeshua mas também para verem a El'azar, a quem ele ressuscitara dentre os mortos.
10 Mas os principais Cohanim deliberaram matar também a El'azar;
11 porque muitos moradores da região de Yehudá, por causa dele, criam mais e mais em Yeshua.
12 No dia seguinte, as grandes multidões que tinham vindo à festa, ouvindo dizer que Yeshua vinha a
Yerushalayim,
13 Tomaram ramos de palmeiras, e saíram-lhe ao encontro, e clamavam: Hosha Na! Baruch HaBa B’Shem
יהוה  ! [Isto é: Salva-nos! Bendito o que vem em nome de יהוה  !] Bendito o rei de Israel!
14 E achou Yeshua um jumentinho e montou nele, conforme está escrito:
15 Não temas, ó filha de Tsion; eis que vem teu Rei, montado sobre o filho de uma jumenta.
16 Os seus talmidim, porém, a princípio não entenderam isto; mas quando Yeshua foi glorificado, então eles
se lembraram de que estas coisas estavam escritas a respeito dele, e de que assim lhe fizeram.
17 Dava-lhe, pois, testemunho a multidão que estava com ele quando chamara a El'azar da sepultura e o
ressuscitara dentre os mortos;
18 e foi por isso que a multidão lhe saiu ao encontro, por ter ouvido que ele fizera este sinal.
19 De modo que os p'rushim disseram entre si: Vedes que nada aproveitais? eis que o mundo inteiro vai
após ele.
20 Ora, entre os que tinham subido a adorar na festa havia alguns goyim.
21 Estes, pois, dirigiram-se a Felipe, que era de Beit Tsaida de Galil, e pediram-lhe, dizendo: Senhor,
queríamos ver a Yeshua.
22 Felipe foi dizê-lo a André, e então André e Felipe foram dizê-lo a Yeshua.
23 Respondeu-lhes Yeshua: É chegada a hora de ser glorificado o Filho do homem.
24 Amen, Amen, e eu vos digo: Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá

muito fruto.
25 Quem ama a sua vida, perdê-la-á; e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.
26 Se alguém me quiser servir, siga-me; e onde eu estiver, ali estará também o meu servo; se alguém me
servir, o Pai o honrará.
27 Agora a minha alma está perturbada; e que direi eu? Pai, salva-me desta hora? Mas para isto vim a esta
hora.
28 Pai, glorifica o teu nome. Veio, então, do céu esta voz: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.
29 A multidão, pois, que ali estava, e que a ouvira, dizia ter havido um trovão; outros diziam: Um anjo lhe
falou.
30 Respondeu Yeshua: Não veio esta voz por minha causa, mas por causa de vós.
31 Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.
32 E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim.
33 Isto dizia, significando de que modo havia de morrer.
34 Respondeu-lhe a multidão: Nós temos ouvido da Torá que o Mashiach permanece para sempre; e como
dizes tu: Importa que o Filho do homem seja levantado? Quem é esse Filho do homem?
35 Disse-lhes então Yeshua: Ainda por um pouco de tempo a luz está entre vós. Andai enquanto tendes a
luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.
36 Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis filhos da luz. Havendo Yeshua assim falado,
retirou-se e escondeu-se deles.
37 E embora tivesse operado tantos sinais diante deles, não criam nele;
38 para que se cumprisse a palavra do profeta Yeshayahu:  יהוה, quem creu em nossa pregação? e aquém
foi revelado o braço de יהוה  ?
39 Por isso não podiam crer, porque, como disse ainda Yeshayahu:
40 Cegaram os próprios olhos e endureceram o próprio coração. Caso contrário veriam com os olhos e
entenderiam com o coração, e fariam teshuvá, e eu os curaria.
41 Estas coisas disse Yeshayahu, porque viu a sua Shechiná, e dele falou.
42 Contudo, muitos dentre as próprias autoridades creram nele; mas por causa dos p'rushim não o
confessavam, para não serem expulsos da sinagoga;
43 porque amaram mais a glória dos homens do que a glória de Elohim.
44 Clamou Yeshua, dizendo: Quem crê em mim, crê, não em mim, mas naquele que me enviou.
45 E quem me vê a mim, vê aquele que me enviou.
46 Eu, que sou a luz, vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas.
47 E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; pois eu vim, não para julgar o
mundo, mas para salvar o mundo.
48 Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado,

essa o julgará no último dia.
49 Porque eu não falei por mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, esse me deu mitsvá quanto ao que dizer
e como falar.
50 E sei que a sua mitsvá é vida eterna. Aquilo, pois, que eu falo, falo-o exatamente como o Pai me ordenou.

04-Yochanan Capítulo : 12 Página 3 de 3
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan12.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 13

1 Antes da festa de Pessach, sabendo Yeshua que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o
Pai, e havendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
2 Enquanto ceavam, tendo já Satan posto no coração de Yehudá, filho de Shimon do litoral de Sk'irot, que o
traísse,
3 Yeshua, sabendo que o Pai lhe entregara tudo nas mãos, e que viera de Elohim e para Elohim voltava,
4 levantou-se da ceia, tirou o talit e, tomando uma toalha, cingiu-se.
5 Depois deitou água na bacia e começou a lavar os pés aos talmidim, e a enxugar-lhos com a toalha com
que estava cingido.
6 Chegou, pois, a Shimon Kefá, que lhe disse: Senhor, lavas-me os pés a mim?
7 Respondeu-lhe Yeshua: O que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o entenderás.
8 Tornou-lhe Kefá: Nunca me lavarás os pés. Replicou-lhe Yeshua: Se eu não te lavar, não tens parte
comigo.
9 Disse-lhe Shimon Kefá: Senhor, não somente os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.
10 Respondeu-lhe Yeshua: Aquele que se banhou não necessita de lavar senão os pés, pois no mais está
todo limpo; e vós estais limpos, mas não todos.
11 Pois ele sabia quem o estava traindo; por isso disse: Nem todos estais limpos.
12 Ora, depois de lhes ter lavado os pés, tomou o talit, tornou a reclinar-se à mesa e perguntou-lhes:
Entendeis o que vos tenho feito?
13 Vós me chamais Rabino e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou.
14 Ora, se eu, o Senhor e Rabino, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros.
15 Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
16 Amen, Amen, e eu vos digo: Não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que
aquele que o enviou.
17 Se sabeis estas coisas, benditos sois se as praticardes.
18 Não falo de todos vós; eu conheço aqueles que escolhi; mas para que se cumprisse o Tanach: O que
comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.
19 Desde já no-lo digo, antes que ocorra, para que, quando acontecer, creiais que Eu sou.
20 Amen, Amen, e eu vos digo: Quem receber aquele que eu enviar, a mim me recebe; e quem me recebe a
mim, recebe aquele que me enviou.
21 Tendo Yeshua dito isto, turbou-se em espírito, e declarou: Em verdade, Amen, e eu vos digo que um de
vós me há de trair.
22 Os talmidim se entreolhavam, perplexos, sem saber de quem ele falava.
23 Ora, achava-se reclinado sobre o peito de Yeshua um de seus talmidim, aquele a quem Yeshua amava.
24 A esse, pois, fez Shimon Kefá sinal, e lhe pediu: Pergunta-lhe de quem é que fala.

25 Aquele talmid, recostando-se assim ao peito de Yeshua, perguntou-lhe: Senhor, quem é?
26 Respondeu Yeshua: É aquele a quem eu der o pedaço de matsá molhado. Tendo, pois, molhado um
bocado de matsá, deu-o a Yehudá Bar Shimon de Sk'riot.
27 E, logo após o bocado, entrou nele Satan. Disse-lhe, pois, Yeshua: O que fazes, faze-o depressa.
28 E nenhum dos que estavam à mesa percebeu a que propósito lhe disse isto;
29 pois, como Yehudá tinha a bolsa, pensavam alguns que Yeshua lhe queria dizer: Compra o que nos é
necessário para a festa; ou, que desse alguma coisa aos pobres.
30 Então ele, tendo recebido o bocado saiu logo. E era noite.
31 Tendo ele, pois, saído, disse Yeshua: Agora é glorificado o Filho do homem, e Elohim é glorificado nele;
32 se Elohim é glorificado nele, também Elohim o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar.
33 Filhinhos, ainda por um pouco estou com vocês. Procurar-me-eis; e, como eu disse aos moradores da
região de Yehudá, também a vós o digo agora: Para onde eu vou, não podeis vós ir.
34 Uma nova mitsvá vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também
vós vos ameis uns aos outros.
35 Nisto conhecerão todos que sois meus talmidim, se tiverdes amor uns aos outros.
36 Perguntou-lhe Shimon Kefá: Senhor, para onde vais? Respondeu Yeshua; Para onde eu vou, não podes
agora seguir-me; mais tarde, porém, me seguirás.
37 Disse-lhe Kefá: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida.
38 Respondeu Yeshua: Darás a tua vida por mim? Amen, Amen, e eu te digo: Não cantará o galo até que me
tenhas negado três vezes.

04-Yochanan Capítulo : 13 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan13.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 14

1 Não se turbe o vosso coração; confia em Elohim, confia também em mim.
2 Na casa de meu Pai há muitos quartos; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar.
3 E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver
estejais vós também.
4 E para onde eu vou vós conheceis o caminho.
5 Disse-lhe T'oma: Senhor, não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?
6 Respondeu-lhe Yeshua: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
7 Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes
visto.
8 Disse-lhe Felipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta.
9 Respondeu-lhe Yeshua: Há tanto tempo que estou com vocês, e ainda não me conheces, Felipe? Quem
me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
10 Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por
mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras.
11 Crede-me que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras.
12 Amen, Amen, e eu vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará
maiores do que estas; porque eu vou para o Pai;
13 e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
14 Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei.
15 Se me amardes, guardareis as minhas mitsvot.
16 E eu pedirei ao Pai, e ele vos dará outra Consoladora [isto é: a Ruach HaKodesh], para que fique com
vocês para sempre.
17 a saber, a Ruach da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas
vós o conheceis, porque ele habita com vocês, e estará em vós.
18 Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós.
19 Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis.
20 Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós.
21 Aquele que tem as minhas mitsvot e as guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado
de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.
22 Perguntou-lhe Yehudá (não o do litoral de Sk'irot): O que houve, Senhor, que te hás de manifestar a nós,
e não ao mundo?
23 Respondeu-lhe Yeshua: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a
ele, e faremos nele morada.
24 Quem não me ama, não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que estais ouvindo não é minha, mas

do Pai que me enviou.
25 Estas coisas vos tenho falado, estando ainda com vocês.
26 Mas a Consoladora, a Ruach HaKodesh a quem o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as
coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.
27 Deixo-vos o shalom, o meu shalom vos dou; eu não vo-lo dou como o mundo o dá. Não se turbe o vosso
coração, nem se atemorize.
28 Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o
Pai; porque o Pai é maior do que eu.
29 Eu vo-lo disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós confieis.
30 Já não falarei muito com vocês, porque vem o príncipe deste mundo, e ele nada tem em mim;
31 mas, assim como o Pai me ordenou, assim mesmo faço, para que o mundo saiba que eu amo o Pai.
Levantai-vos, vamo-nos daqui.

04-Yochanan Capítulo : 14 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan14.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 15

1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o viticultor.
2 Toda vara em mim que não dá fruto, ele a corta; e toda vara que dá fruto, ele a limpa, para que dê mais
fruto.
3 Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado.
4 Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não
permanecer na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim.
5 Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem
mim nada podeis fazer.
6 Quem não permanece em mim é lançado fora, como a vara, e seca; tais varas são recolhidas, lançadas no
fogo e queimadas.
7 Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos
será feito.
8 Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus talmidim.
9 Como o Pai me amou, assim também eu vos amei; permanecei no meu amor.
10 Se guardardes as minhas mitsvot, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado
as mitsvot de meu Pai, e permaneço no Seu amor.
11 Estas coisas vos tenho dito, para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja
completa.
12 A minha mitsvá é esta: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.
13 Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.
14 Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamei-vos amigos,
porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer.
16 Vós não me escolhestes a mim mas eu vos escolhi a vós, e vos designei, para deis mais e mais frutos, e o
vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.
17 Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.
18 Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim.
19 Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; mas, porque não sois do mundo, antes eu vos
escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.
20 Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me
perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, guardarão também a vossa.
21 Mas tudo isto vos farão por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou.
22 Se eu não viera e não lhes falara, não teriam pecado; agora, porém, não têm desculpa do seu pecado.
23 Aquele que me odeia a mim, odeia também a meu Pai.

24 Se eu entre eles não tivesse feito tais obras, quais nenhum outro fez, não teriam pecado; mas agora, não
somente viram, mas também odiaram tanto a mim como a meu Pai.
25 Mas isto é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua Torá: Odiaram-me sem causa.
26 Quando vier a Consoladora, que eu vos enviarei da parte do Pai, a Ruach da verdade, que do Pai vem,
essa dará testemunho de mim;
27 e também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio.

04-Yochanan Capítulo : 15 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan15.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 16

1 Tenho-vos dito estas coisas para que não vos escandalizeis.
2 Expulsar-vos-ão das sinagogas; ainda mais, vem a hora em que qualquer que vos matar julgará prestar um
serviço a Elohim.
3 E isto vos farão, porque não conheceram ao Pai nem a mim.
4 Mas tenho-vos dito estas coisas, a fim de que, quando chegar aquela hora, vos lembreis de que eu vo-las
tinha dito. Não vo-las disse desde o princípio, porque estava com vocês.
5 Agora, porém, vou para aquele que me enviou; e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais?
6 Antes, porque vos disse isto, o vosso coração se encheu de tristeza.
7 Todavia, digo-vos a verdade, convém-vos que eu vá; pois se eu não for, a Consoladora [isto é: a Ruach
HaKodesh] não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei.
8 E quando ela vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo:
9 do pecado, porque não crêem em mim;
10 da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais,
11 e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.
12 Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora.
13 Quando vier, porém, aquela, a Ruach da verdade, ela vos guiará a toda a verdade; porque não falará por
si mesma, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.
14 Ela me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.
15 Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que ela, recebendo do que é meu, vo-lo anunciará.
16 Um pouco, e já não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis.
17 Então alguns dos seus talmidim perguntaram uns para os outros: Que é isto que nos diz? Um pouco, e
não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis; e: Porquanto vou para o Pai?
18 Diziam pois: Que quer dizer isto: Um pouco? Não compreendemos o que ele está dizendo.
19 Percebeu Yeshua que o queriam interrogar, e disse-lhes: Indagais entre vós a respeito disto que disse:
Um pouco, e não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis?
20 Amen, Amen, e eu, vos digo que vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós estareis
tristes, porém a vossa tristeza se voltará em alegria.
21 A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza porque é chegada a sua hora; mas, depois de ter
dado à luz a criança, já não se lembra da aflição, pela alegria de haver um homem nascido ao mundo.
22 Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza; mas eu vos tornarei a ver, e alegrar-se-á o vosso
coração, e a vossa alegria ninguém vo-la tirará.
23 Naquele dia nada me perguntareis. Amen, Amen, e eu vos digo, que tudo quanto pedirdes ao Pai, ele volo
concederá em meu nome.
24 Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vossa alegria seja completa.

25 Disse-vos estas coisas por figuras; chega, porém, a hora em que vos não falarei mais por figuras, mas
abertamente vos falarei a respeito do Pai.
26 Naquele dia pedireis em meu nome, e não vos digo que eu pedirei por vós ao Pai;
27 pois o Pai mesmo vos ama; visto que vós me amastes e crestes que eu saí de Elohim.
28 Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai.
29 Disseram os seus talmidim: Eis que agora falas abertamente, e não por figura alguma.
30 Agora conhecemos que sabes todas as coisas, e não necessitas de que alguém te interrogue. Por isso
cremos que saíste de Elohim.
31 Respondeu-lhes Yeshua: Confiai,
32 pois eis que vem a hora, e já é chegada, em que vós sereis dispersos cada um para o seu lado, e me
deixareis só; mas não estou só, porque o Pai está comigo.
33 Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais shalom. No mundo tereis tribulações; mas tende
bom ânimo, eu venci o mundo.

04-Yochanan Capítulo : 16 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan16.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 17

1 Depois de assim falar, Yeshua, levantando os olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu
Filho, para que também o Filho te glorifique;
2 assim como lhe deste autoridade sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos aqueles que lhe
tens dado.
3 E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, como o único Elohim verdadeiro, e a Yeshua HaMashiach,
aquele que tu enviaste.
4 Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer.
5 Agora, pois, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que eu tinha contigo antes que o
mundo existisse.
6 Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus, e tu mos deste; e guardaram a tua
palavra.
7 Agora sabem que tudo quanto me deste provém de ti;
8 porque eu lhes dei as palavras que tu me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que
saí de Ti, e confiaram que Tu me enviaste.
9 Eu peço por eles; não peço pelo mundo, mas por aqueles que me tens dado, porque são teus;
10 todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e neles sou glorificado.
11 Eu não estou mais no mundo; mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda-os no teu
nome, o qual me deste, para que eles sejam um, assim como nós.
12 Enquanto eu estava com eles, eu os guardava no teu nome que me deste; e os conservei, e nenhum
deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que se cumprisse o Tanach.
13 Mas agora vou para ti; e isto falo no mundo, para que eles tenham a minha alegria completa em si
mesmos.
14 Eu lhes dei a tua palavra; e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do
mundo.
15 Não peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno.
16 Eles não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
17 Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.
18 Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviarei ao mundo.
19 E por eles eu me santifico, para que também eles sejam santificados na verdade.
20 E peço não somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de confiar em mim;
21 para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em
nós; para que o mundo creia que tu me enviaste.
22 E eu lhes dei a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um;
23 eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, a fim de que o mundo conheça que tu
me enviaste, e que os amaste a eles, assim como me amaste a mim.

24 Pai, desejo que onde eu estou, estejam comigo também aqueles que me tens dado, para verem a minha
glória, a qual me deste; pois que me amaste antes da fundação do mundo.
25 Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheço; conheceram que tu me enviaste;
26 e eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer ainda; para que haja neles aquele amor com que
me amaste, e também eu neles esteja.

04-Yochanan Capítulo : 17 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan17.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 18

1 Tendo Yeshua dito isto, saiu com seus talmidim para o outro lado do ribeiro de Cedrom, onde havia um
jardim, e com eles ali entrou.
2 Ora, Yehudá, que o traía, também conhecia aquele lugar, porque muitas vezes Yeshua se reunira ali com
os talmidim.
3 Tendo, pois, Yehudá tomado a coorte e uns guardas da parte dos principais Cohanim e p'rushim, chegou
ali com lanternas archotes e armas.
4 Sabendo, pois, Yeshua tudo o que lhe havia de acontecer, adiantou-se e perguntou-lhes: A quem buscais?
5 Responderam-lhe: A Yeshua, de Natseret. Disse-lhes Yeshua: Sou eu.
6 Quando Yeshua lhes disse: Sou eu, recuaram, e caíram por terra.
7 Tornou-lhes então a perguntar: A quem buscais? E responderam: A Yeshua, de Natseret.
8 Replicou-lhes Yeshua: Já vos disse que sou eu; se, pois, é a mim que buscais, deixai ir estes;
9 para que se cumprisse a palavra que dissera: Dos que me tens dado, nenhum deles perdi.
10 Então Shimon Kefá, que tinha uma espada, desembainhou-a e feriu o servo do Cohen Gadol, cortandolhe
a orelha direita. O nome do servo era Malco.
11 Disse, pois, Yeshua a Kefá: Mete a tua espada na bainha; não hei de beber o cálice que o Pai me deu?
12 Então a coorte, e o comandante, e os guardas dos moradores da região de Yehudá prenderam a Yeshua,
e o maniataram.
13 E conduziram-no primeiramente a Anan; pois era sogro de Kayafá, Cohen Gadol naquele ano.
14 Ora, Kayafá era quem aconselhara aos moradores da região de Yehudá que convinha morrer um homem
pelo povo.
15 Shimon Kefá e outro talmid seguiam a Yeshua. Este talmid era conhecido do Cohen Gadol, e entrou com
Yeshua no pátio do Cohen Gadol,
16 enquanto Kefá ficava da parte de fora, à porta. Saiu, então, o outro talmid que era conhecido do Cohen
Gadol, falou à porteira, e levou Kefá para dentro.
17 Então a porteira perguntou a Kefá: Não és tu também um dos talmidim deste homem? Respondeu ele:
Não sou.
18 Ora, estavam ali os servos e os guardas, que tinham acendido um braseiro e se aquentavam, porque
fazia frio; e também Kefá estava ali em pé no meio deles, aquentando-se.
19 Então o Cohen Gadol interrogou Yeshua a respeito dos seus talmidim e do seu ensinamento.
20 Respondeu-lhe Yeshua: Eu tenho falado abertamente ao mundo; eu sempre ensinei nas sinagogas e no
Beit HaMikdash, onde todos os judeus se congregam, e nada falei em oculto.
21 Por que me perguntas a mim? Pergunta aos que me ouviram o que é que lhes falei; eis que eles sabem o
que eu disse.
22 E, havendo ele dito isso, um dos guardas que ali estavam deu uma bofetada em Yeshua, dizendo: É
assim que respondes ao Cohen Gadol?

23 Respondeu-lhe Yeshua: Se falei mal, dá testemunho do mal; mas, se bem, por que me feres?
24 Então Anan o enviou, maniatado, a Kayafá, o Cohen Gadol.
25 E Shimon Kefá ainda estava ali, aquentando-se. Perguntaram-lhe, pois: Não és também tu um dos seus
talmidim? Ele negou, e disse: Não sou.
26 Um dos servos do Cohen Gadol, parente daquele a quem Kefá cortara a orelha, disse: Não te vi eu no
jardim com ele?
27 Kefá negou outra vez, e imediatamente o galo cantou.
28 Depois conduziram Yeshua da presença de Kayafá para o pretório; era de manhã cedo; e eles não
entraram no pretório, para não se contaminarem, mas poderem comer o Pessach.
29 Então Pilatos saiu a ter com eles, e perguntou: Que acusação trazeis contra este homem?
30 Responderam-lhe: Se ele não fosse malfeitor, não to entregaríamos.
31 Disse-lhes, então, Pilatos: Tomai-o vós, e julgai-o segundo a vossa Torá. Disseram-lhe os moradores da
região de Yehudá: A nós não nos é lícito tirar a vida a ninguém.
32 Isso foi para que se cumprisse a palavra que dissera Yeshua, significando de que morte havia de morrer.
33 Pilatos, pois, tornou a entrar no pretório, chamou a Yeshua e perguntou-lhe: És tu o rei dos judeus?
34 Respondeu Yeshua: Dizes isso de ti mesmo, ou foram outros que to disseram de mim?
35 Replicou Pilatos: Por acaso sou eu judeu? O teu povo e os principais Cohanim entregaram-te a mim; que
fizeste?
36 Respondeu Yeshua: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os
meus servos, para que eu não fosse entregue aos moradores da região de Yehudá; entretanto o meu reino
não é daqui.
37 Perguntou-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Respondeu Yeshua: Tu dizes que Eu sou rei. Eu para isso
nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a
minha voz.
38 Perguntou-lhe Pilatos: Que é a verdade? E dito isto, de novo saiu a ter com os moradores da região de
Yehudá, e disse-lhes: Não acho nele crime algum.
39 Tendes, porém, por costume que eu vos solte alguém por ocasião da páscoa; quereis, pois, que vos solte
o rei dos judeus?
40 Então todos tornaram a clamar dizendo: Este não, mas Bar Rabá. Ora, Bar Rabá era ladrão.

04-Yochanan Capítulo : 18 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan18.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 19

1 Nisso, pois, Pilatos tomou a Yeshua, e mandou açoitá-lo.
2 E os soldados, tecendo uma coroa de espinhos, puseram-lha sobre a cabeça, e lhe vestiram um manto de
púrpura;
3 e chegando-se a ele, diziam: Salve, rei dos judeus! e davam-lhe bofetadas.
4 Então Pilatos saiu outra vez, e disse-lhes: Eis aqui vo-lo trago fora, para que saibais que não acho nele
crime algum.
5 Saiu, pois, Yeshua, trazendo a coroa de espinhos e o manto de púrpura. E disse-lhes Pilatos: Eis o
homem!
6 Quando o viram os principais Cohanim e os guardas, clamaram, dizendo: Executa-o! Executa-o! Disse-lhes
Pilatos: Tomai-o vós, e executai-o; porque nenhum crime acho nele.
7 Responderam-lhe os moradores da região de Yehudá: Nós temos uma Torá, e segundo esta Torá ele deve
morrer, porque se fez Filho de Elohim.
8 Ora, Pilatos, quando ouviu esta palavra, ficou mais atemorizado;
9 e entrando outra vez no pretório, perguntou a Yeshua: De onde és tu? Mas Yeshua não lhe deu resposta.
10 Disse-lhe, então, Pilatos: Não me respondes? Não sabes que tenho autoridade para te soltar, e
autoridade para te executar?
11 Respondeu-lhe Yeshua: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fora dado; por isso
aquele que me entregou a ti, maior pecado tem.
12 Daí em diante Pilatos procurava soltá-lo; mas os moradores da região de Yehudá clamaram: Se soltares a
este, não és amigo de César; todo aquele que se faz rei é adversário de César.
13 Pilatos, pois, quando ouviu isto, trouxe Yeshua para fora e sentou-se no tribunal, no lugar chamado
Pavimento das Pedras, e em hebraico Gafifta.
14 Ora, era a preparação do seder de Pessach, e cerca da hora sexta. E disse aos moradores da região de
Yehudá: Eis o vosso rei.
15 Mas eles clamaram: Tira-o! tira-o! Executa-o! Disse-lhes Pilatos: Hei de executar o vosso rei?
Responderam, os principais Cohanim: Não temos rei, senão César.
16 Então lho entregou para ser executado.
17 Tomaram, pois, a Yeshua; e ele, carregando o seu próprio madeiro, saiu para o lugar chamado Caveira,
que em hebraico se chama Gulgolta,
18 onde o executaram, e com ele outros dois, um de cada lado, e Yeshua no meio.
19 E Pilatos escreveu também um título, e o colocou sobre o madeiro; e nele estava escrito: YESHUA O
NATZERET, O REI DOS JUDEUS.
20 Muitos dos moradores da região de Yehudá, pois, leram este título; porque o lugar onde Yeshua foi
executado era próximo da cidade; e estava escrito em hebraico, aramaico e latim.
21 Diziam então a Pilatos os principais Cohanim dos moradores da região de Yehudá: Não escrevas: O rei
dos judeus; mas que ele disse: Sou rei dos judeus.

22 Respondeu Pilatos: O que escrevi, escrevi.
23 Tendo, pois, os soldados executado a Yeshua, tomaram as suas vestes, e fizeram delas quatro partes,
para cada soldado uma parte. Tomaram também a t única; ora a t única não tinha costura, sendo toda tecida
de alto a baixo.
24 Pelo que disseram uns aos outros: Não a rasguemos, mas lancemos sortes sobre ela, para ver de quem
será (para que se cumprisse o Tanach que diz: Repartiram entre si as minhas vestes, e lançaram sortes). E,
de fato, os soldados assim fizeram.
25 Estavam em pé, junto ao madeiro de Yeshua, sua mãe, e a irmã de sua mãe, e Miriyam, mulher de
Clôpas, e Miriyam de Magdala.
26 Ora, Yeshua, vendo ali sua mãe, e ao lado dela o talmid a quem ele amava, disse a sua mãe: Mulher, eis
aí o teu filho.
27 Então disse ao talmid: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o talmid a recebeu em sua casa.
28 Depois, sabendo Yeshua que todas as coisas já estavam consumadas, para que se cumprisse o Tanach,
disse: Tenho sede.
29 Estava ali um vaso cheio de vinagre. Puseram, pois, numa cana de hissopo uma esponja ensopada de
vinagre, e lha chegaram à boca.
30 Então Yeshua, depois de ter tomado o vinagre, disse: está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou
o espírito.
31 Ora, os moradores da região de Yehudá, como era a preparação, e para que no Shabat não ficassem os
corpos no madeiro, pois era grande aquele dia de Shabat, pediram a Pilatos que se lhes quebrassem as
pernas, e fossem tirados dali.
32 Foram então os soldados e, na verdade, quebraram as pernas ao primeiro e ao outro que com Ele fora
executado;
33 mas vindo a Yeshua, e vendo que já estava morto, não Lhe quebraram as pernas;
34 contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
35 E é quem viu isso que dá testemunho, e o seu testemunho é verdadeiro; e sabe que diz a verdade, para
que também vós creiais.
36 Porque isto aconteceu para que se cumprisse o Tanach: Nenhum dos Seus ossos será quebrado.
37 Também há outra passagem no Tanach que diz: Olharão para Mim, a quem traspassaram.
38 Depois disto, Yossef de Ramatayim, que era talmid de Yeshua, embora oculto por medo dos moradores
da região de Yehudá, pediu a Pilatos que lhe permitisse tirar o corpo de Yeshua; e Pilatos lho permitiu. Então
foi e o tirou.
39 E Nakdimon, aquele que anteriormente viera ter com Yeshua de noite, foi também, levando cerca de cem
libras duma mistura de mirra e aloés.
40 Tomaram, pois, o corpo de Yeshua, e o envolveram em panos de linho com as especiarias, como os
moradores da região de Yehudá costumavam fazer na preparação para a sepultura.
41 No lugar onde Yeshua foi executado havia um jardim, e nesse jardim um sepulcro novo, em que ninguém
ainda havia sido posto.
42 Ali, pois, por ser a véspera do Shabat dos moradores da região de Yehudá, e por estar perto aquele
sepulcro, puseram a Yeshua.

04-Yochanan Capítulo : 19 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan19.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 20

1 No primeiro dia da semana Miriyam de Magdala foi ao sepulcro nas primeiras horas, sendo ainda escuro, e
viu que a pedra fora removida do sepulcro.
2 Correu, pois, e foi ter com Shimon Kefá, e o outro talmid, a quem Yeshua amava, e disse-lhes: Tiraram do
sepulcro o Senhor, e não sabemos onde o puseram.
3 Saíram então Kefá e o outro talmid e foram ao sepulcro.
4 Corriam os dois juntos, mas o outro talmid correu mais ligeiro do que Kefá, e chegou primeiro ao sepulcro;
5 e, abaixando-se viu os panos de linho ali deixados, todavia não entrou.
6 Chegou, pois, Shimon Kefá, que o seguia, e entrou no sepulcro e viu os panos de linho ali deixados,
7 e que o lenço, que estivera sobre a cabeça de Yeshua, não estava com os panos, mas enrolado num lugar
à parte.
8 Então entrou também o outro talmid, que chegara primeiro ao sepulcro, e viu e creu.
9 Porque ainda não entendiam o Tanach, que era necessário que ele ressurgisse dentre os mortos.
10 Tornaram, pois, os talmidim para casa.
11 Miriyam, porém, estava em pé, diante do sepulcro, a chorar. Enquanto chorava, abaixou-se a olhar para
dentro do sepulcro,
12 e viu dois anjos vestidos de branco sentados onde jazera o corpo de Yeshua, um à cabeceira e outro aos
pés.
13 E perguntaram-lhe eles: Mulher, por que choras? Respondeu-lhes: Porque tiraram o meu Senhor, e não
sei onde o puseram.
14 Ao dizer isso, voltou-se para trás, e viu a Yeshua ali em pé, mas não sabia que era Yeshua.
15 Perguntou-lhe Yeshua: Mulher, por que choras? A quem procuras? Ela, julgando que fosse o jardineiro,
respondeu-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei.
16 Disse-lhe Yeshua: Miriyam! Ela, virando-se, disse-lhe em hebraico: Raboni! [que quer dizer, meu Mestre].
17 Disse-lhe Yeshua: Deixa de me tocar, porque ainda não subi ao Pai; mas vai a meus irmãos e dize-lhes
que eu subo para meu Pai e Pai de vocês, meu Elohim e vosso Elohim.
18 E foi Miriyam de Magdala anunciar aos talmidim: Vi o Senhor! - e que ele lhe dissera estas coisas.
19 Chegada, pois, a tarde, naquele dia, o primeiro da semana, e estando os talmidim reunidos com as portas
cerradas por medo dos moradores da região de Yehudá, chegou Yeshua, pôs-se no meio e disse-lhes:
Shalom Alechem.
20 Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Alegraram-se, pois, os talmidim ao verem o Senhor.
21 Disse-lhes, então, Yeshua segunda vez: Shalom Alechem; assim como o Pai me enviou, também eu vos
envio a vós.
22 E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei a Ruach HaKodesh.
23 àqueles a quem perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; e àqueles a quem os retiverdes, são-lhes
retidos.

24 Ora, T'oma, um dos doze, chamado de "O Gêmeo", não estava com eles quando veio Yeshua.
25 E os talmidim diziam-lhe: Vimos o Senhor. Ele, porém, lhes respondeu: Se eu não vir o sinal dos cravos
nas mãos, e não meter a mão no seu lado, de maneira nenhuma crerei.
26 Oito dias depois estavam os talmidim outra vez ali reunidos, e T'oma com eles. Chegou Yeshua, estando
as portas fechadas, pôs-se no meio deles e disse: Shalom Alechem [Isto é: uma forma de cumprimento nas
línguas semitas].
27 Depois disse a T'oma: Chega aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; chega a tua mão, e mete-a no meu
lado; e não mais deixes de crer, mas creia.
28 Respondeu-lhe T'oma: Senhor meu, e Elohim meu!
29 Disse-lhe Yeshua: Porque me viste, creste? Benditos os que não viram e creram.
30 Yeshua, na verdade, operou na presença de seus talmidim ainda muitos outros sinais que não estão
escritos neste livro;
31 estes, porém, estão escritos para que confieis que Yeshua é o Mashiach, o Filho de Elohim, e para que,
quando confiardes, tenhais vida em Seu nome.

04-Yochanan Capítulo : 20 Página 2 de 2
file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan20.htm 23/10/2010

04-Yochanan Capítulo : 21

1 Depois disto manifestou-se Yeshua outra vez aos talmidim junto do lago de Tiberíades; e manifestou-se
deste modo:
2 Estavam juntos Shimon Kefá, T'oma, chamado de "O Gêmeo", Natan'el, que era de Kaná de Galil, os filhos
de Zavdai, e outros dois dos seus talmidim.
3 Disse-lhes Shimon Kefá: Vou pescar. Responderam-lhe: Nós também vamos contigo. Saíram e entraram
no barco; e naquela noite nada apanharam.
4 Mas ao romper da manhã, Yeshua se apresentou na praia; todavia os talmidim não sabiam que era ele.
5 Disse-lhes, pois, Yeshua: Filhos, não tendes nada que comer? Responderam-lhe: Não.
6 Disse-lhes ele: Lançai a rede à direita do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam puxar
por causa da grande quantidade de peixes.
7 Então aquele talmid a quem Yeshua amava disse a Kefá: É o Senhor. Quando, pois, Shimon Kefá ouviu
que era o Senhor, cingiu-se com a t única, porque estava despido, e lançou-se ao lago;
8 mas os outros talmidim vieram no barquinho, puxando a rede com os peixes, porque não estavam distantes
da terra senão cerca de duzentos côvados.
9 Ora, ao saltarem em terra, viram ali brasas, e um peixe posto em cima delas, e pão.
10 Disse-lhes Yeshua: Trazei alguns dos peixes que agora apanhastes.
11 Entrou Shimon Kefá no barco e puxou a rede para terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes
peixes; e, apesar de serem tantos, não se rompeu a rede.
12 Disse-lhes Yeshua: Vinde, comei. Nenhum dos talmidim ousava perguntar-lhe: Quem és tu? Sabendo que
era o Senhor.
13 Chegou Yeshua, tomou o pão e deu-lho, e da mesma forma o peixe.
14 Foi esta a terceira vez que Yeshua se manifestou aos seus talmidim, depois de ter ressurgido dentre os
mortos.
15 Depois de terem comido, perguntou Yeshua a Shimon Kefá: Shimon Kefá: Shimon Bar Yochanan, amasme
mais do que estes? Respondeu-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os minhas
ovelhas.
16 Tornou a perguntar-lhe: Shimon Bar Yochanan, amas-me? Respondeu-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te
amo. Disse-lhe: Pastoreia as minhas ovelhas.
17 Perguntou-lhe terceira vez: Shimon Bar Yochanan, amas-me? Entristeceu-se Kefá por lhe ter perguntado
pela terceira vez: Amas-me? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas; tu sabes que te amo. Disselhe
Yeshua: Apascenta as minhas ovelhas.
18 Amen, Amen, e eu te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde
querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outro te cingirá, e te levará para onde tu não
queres.
19 Ora, isto ele disse, significando com que morte havia Kefá de glorificar a Elohim. E, havendo dito isto,
ordenou-lhe: Segue-me.
20 E Kefá, virando-se, viu que o seguia aquele talmid a quem Yeshua amava, o mesmo que na ceia se
recostara sobre o peito de Yeshua e perguntara: Senhor, quem é o que te trai?

21 Ora, vendo Kefá a este, perguntou a Yeshua: Senhor, e deste que será?
22 Respondeu-lhe Yeshua: Se eu quiser que ele fique até que eu venha, que tens tu com isso? Segue-me tu.
23 Divulgou-se, pois, entre os irmãos este dito, que aquele talmid não havia de morrer. Yeshua, porém, não
disse que não morreria, mas: se eu quiser que ele fique até que eu venha, que tens tu com isso?
24 Este é o talmid que dá testemunho destas coisas e as escreveu; e sabemos que o seu testemunho é
verdadeiro.
25 E ainda muitas outras coisas há que Yeshua fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que
nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem.

04-Yochanan Capítulo : 21 Página 2 de 2

file://C:\Users\Jaciara\Sefer HaTeshuvá - Ketuvim Netsarim\04Yochanan21.htm 23/10/2010

Um comentário:

  1. OBSERVAÇÃO: DIREITOS AUTORAIS, RESERVADOS AO AUTOR DA POSTAGEM! EU, ANSELMO, SIMPLESMENTE, ESTOU COMPARTILHANDO O ESTUDO SOMENTE....!!!!
    Pesquisa efetuada por: ANSELMO ESTEVAN.
    Formação: Curso bíblico “igreja Adventista do Sétimo Dia”. Friburgo. 22 de Janeiro de 2.004. Duração de 5 meses.
    Formação: (Pela Faculdade Ibetel – centro de Suzano): “Curso Básico em Teologia”. [Aproximadamente 2 anos]. Término do curso em 07 de Agosto de 2.007.
    Formação: (Pela Faculdade Ibetel – centro de Suzano): “Curso Bacharel em Teologia”. [Aproximadamente 3 anos]. Término do curso em 08 de Julho de 2.010.

    São Paulo, 19 de Agosto de 2.010.
    FILIADO À: OTPB – Ordem de Teólogos e Pastores do Brasil.

    Registro nº436.07.08/2013. (Pr. Flávio Nunes. Souza).

    Anselmo Estevan.

    ResponderExcluir